HISTÓRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO OESTE

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

HISTÓRICO

A povoação organizada nas terras de Salamandra teve início quando Enéas Filgueira, seu proprietário, doou a Vicente Honorato Barreto, em 1942, uma faixa de terreno para a construção da capela em homenagem a São Francisco de Assis. Com a construção da capela, inaugurada no mesmo ano em missa celebrada pelo padre Carlos Theissen, o povoado de Salamandra começou a tomar forma e a expandir-se. Nessa época de pioneirismo, destaca-se a figura de Raimundo Nonato Leite, popularmente conhecido como Raimundo Marinho, que entregou parte de seu patrimônio para a consolidação de um núcleo populacional nas terras de Salamandra.
Salamandra é um batráquio saudoso, comum na Europa e ignorado no Brasil, que segundo a tradição atravessa as chamas de fogo sem se queimar. É desconhecida, porém, a relação do nome com a localidade.
No dia 22 de outubro de 1962, que foi instalado no dia 15 de fevereiro de 1962, com a posse do prefeito interino, senhor Alberto Cavalcante de Castro, nomeado pelo governador Aluízio Alves, que administrou o município até 01 de fevereiro de 1965, quando foi substituído por José Raimundo de Freitas, primeiro prefeito constitucional de SALAMANDRA foi o senhor JOSÉ RAIMUNDO DE FREITAS, eleito em 25 de janeiro de 1965 e tomou posse no dia PRIMEIRO DE FEVEREIRO DE 1965 e governou até 31 de janeiro de 1969. Através da Lei número 2.966, sancionado pelo então e saudoso governador Aluízio Alves (11/8/1921 – 06/05/2006), Salamandra foi desmembrada de Portalegre, tornando-se município do Rio Grande do Norte, instalado em . Treze anos depois, em 24 de outubro de 1976, pela Lei número 3.522, o município mudou de nome para São Francisco do Oeste, em homenagem ao padroeiro da comunidade.

LEI QUE CRIOU O MUNICÍPIO DE SALAMANDRA, ATUAL SÃO FRANCISCO DO OESTE


LEI Nº 2.966, DE 22 DE OUTUBRO DE 1963
CRIA O MUNICÍPIO DE SALAMANDRA, DESMEMBRADO DO DE PORTALEGRE
O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, FAÇO SABER, que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono as seguinte Lei:
Art. 1º É criado o município de Salamandara, desmembrado do de Portalegre, tendo como sede a Vila de igual nome, que se eleva à categoria de cidade.
Art. 2º - O MUNICÍPIO DE SALAMANDRA TERÁ OS SEGUINTES LIMITES:
a) Com o município de Portalegre: tem na confluência do riacho do Conselho, afluente do rio Apodi/Mossoró, subindo pelo referido rio até a linha intermunicipal Francisco Dantas – Portalegre.
b) Com o município de Francisco Dantas tem início no ponto de junção intermunicipal Portalegre – Francisco Dantas, no Rio Apodi/Mossoró, subindo o referido rio até encontrar os limites de Pau dos Ferros.
c) Com o município de Pau dos Ferros: começa no ponto em que o Rio Apodi;Mossoró atravessa o limite com Pau dos Ferros, seguindo a mesma linha intermunicipal, em direção ao Norte, até encontrar com o Estado do Ceará.
d) Com o Estado do Ceará, pela linha divisória Ceará– Rio Grande do Norte, até encontrar o nascente do Cóirrego Aroeira e,
e) Com o município de Rodolfo Fernandes e Tabuleiro Grande: tem início na nascente do Córrego Aroeira, nas proximidades da divisa Ceará – Rio Grande do Norte, descendo pelo referido Córrego até sua confluência com o Riacho do Conselho, descendo por este riacho até sua foz no rio Apodi.
Art. 4º - Fica igualmente criado o Distrito de Salamandra pertencente a Comarca de Portalegre

PREFEITOS DE SÃO FRANCISCO DO OESTE

O Poder executivo do município de Salamandra, atual São Francisco do Oeste aconteceu no dia 15 de fevereiro de 1963, com a posse do senhor Alberto Cavalcante de Castro, nomeado pelo então governador Aluízio Alves, que administrou o novo município até em 1º de fevereiro de 1965, com a posse do senhor José Raimundo de Morais, primeiro prefeito constitucional. PREFEITOS

Interino

# Alberto Cavalcante de Castro

Posse em 15/02/1963

Constitucionais

1 – José Raimundo de Freitas

Eleito em 25/01/1965

Posse em 01/02/1965

VICE – Antonio Cavalcante de Morais

2 – Antonio Cavalcante de Morais

Eleito em 15/11/1968

Posse em 31/01/1969

VICE – Luiz da Silveira Rocha

3 – Francisco Ferreira da Cruz – CHICO BATISTA

Eleito em 15/11/1972

Posse em 31/01/1973

VICE – João de Souza Barreto

4 – João de Souza Barreto

Eleito em 15/11/1976

Posse em 31/01/1976

VICE - Francisco Tomás da Silveira

5 – Gabriel Leite de Freitas

Eleito em 15/11/1982

Posse em 31/01/1983

6 – IVONE DE Freitas Viana

Eleito em 15/11/1988

Posse em 01/01/1989

7 – Gabriel Leite de Freitas – 2º mandato

Eleito em 03/10/1992

Posse em 01/01/1993

8 – Ivone Leite de Freitas – 2º mandato

Eleito em 03/10/1996

Posse em 01/01/1997

VICE – Antonio Barreto Sobrinho

09 –Ivone Leite de Freitas - 3º MANDATO

Reeleito em 01/10/2000

Posse em 01/01/01/2001

VICE –

10 – Dr. Aníbal Lopes de Freitas, natural de Pasu dos Ferros, nascido a 13 demarço de 1973

Eleito em 03/10/2004

Posse em 01/01/2005

Dr. Aníbal, natural de Pau dos Ferros, nascido a 15 de março de 1973, filho de Samuel Soares de Freitas e de Francisca Lopes Freitas. Em 1º de outubro de 2000 foi candidato a vice-prefeito, na chapa encabeçada pelo candidato derrotado, Antonio Tomaz Neto. Em 3 de outubro de 2004 foi eleito prefeito, com 1.452 votos, vencendo seu opositor, o senhor Lindomar 1.081,cuja maioria foi de 371 votos.

VICE – JOÃO CAVALCANTE FEITOSA

11 – Dr. ANIBAL LOPES DE FREITAS

Reeleito em 05/10/2008

Posse em 01/01/2009

VICE -FRANCISCO ROGÉRIO DE CASTRO, natural de São Francisco do Oeste-RN, nascido a 22 de fevereiro de 1976

ATUAL ADMINISTRAÇÃO

PREFEITO
REELEITO EM 05/10/2008
POSSE EM 01/01/2009
ANIBAL LOPES DE FREITAS, com 1.498 votos , equivalente a 51,53 % - , natural de Pau dos Ferros, nascido a 15 de março de 1973, filho de Samuel Soares de Freitas e de Francisca Lopes Freitas. Em 1º de outubro de 2000 foi candidato a vice-prefeito, na chapa encabeçada pelo candidato derrotado, Antonio Tomaz Neto. Em 3 de outubro de 2004 foi eleito prefeito, com 1.452 votos, vencendo seu opositor, o senhor Lindomar. Que obteve 1.081 votos,cuja maioria foi de 371 votos. No último pleito eleitoral foi reeleito prefeito de São Francisco do oeste, com 1498 votos, contra 1 409 sufrágios de seu oponente, a jovem Antonia Gildene Costa Barreto Lobo
VICE-PREFEITA
ROSA MARIA SILVA DE QUEIROZ, natural de Fortaleza-CE, nascida a 28 de maio de 1956, comerciante
CANDIDATO DERROTADO:
ANTONIA GILDENE COSTA BARRETO LOBO ,obteve 1.409 votos, equivalente a 48,47% -

CÂMARA MUNICIPA

VEREADORES ELEITOS EM 15/11/1982
1 – Manuel Rocha, 127
2 – Francisco Queiroz, 118
3 – Raimunda Conceição, 106
4 – Pedro Alexandre, 88
5 – Antonio Filho, 111
6 – Antonio Silva, 140
7 – Antonio Sobrinho, 100
VEREADORES ELEITOS EM 15/11/1988
VEREADORES ELEITOS EM 03/10/1992
VEREADORES ELEITOS EM 03/10/1996
1 – Cleide Santana Dantas
2 – Francisco Genivan Bento
3 – Francisco Rogério de Castro
4 – João Batista Leite
5 – Manuel Leite de Souza
6 – Maria Eleuda Silva Freitas
7 – Raimunda Araújo de Medeiros
8 – Raimundo Sabino Leite
9 – Sebastião Matias da Silva
VEREADORES ELEITOS EM 01/10/2000
1 –Cícero Gomes de Freitas, 138
2 – Francisco Genivan Bento, 138
3 – Francisco Nivalde de Souza Morais, 190
4 – Francisco Rog´rio de Castro, 141
5 – Janduy Alexandre dos Santos, 132
6 – João Batista Leite, 193
7 – Raimundo Sabino Leite, 132
8 – Valdicelio Viterbo Lobo, 137
VEREADORES ELEITOS EM 03/10/2004

1 – ANTONIO ALBERTO DE MORAIS, 163
2 – CÍCERO GOMES DE FREITAS, 261
3 – FRANCISCO ROGÉRIO DE CASTRO, 200
4 – FRANCISCO XAVIER DE FREITAS, 193
5 – ISMAR SILVEIRA ROCHA, 144
6 – JOÃO BATISTA LEITE, 160
7 – VALCI SEVERIANO SILVA, 229
8 – VALDICELIO VITERBO LOBO, 271

ATUAL CÂMARA MUNICIPAÇ

INFORMAÇÕES

ORIGEM DE SALAMANDAa origem do primeiro nome desta comunidade, originou-se devido que na propriedade do senhor Raimundo Marinho, encravada no povoado, existia um riacho, conhecido como “RIACHO DAS COBRAS”, porque na época existia, cobras de todas as espécies. Nesse riacho, certo dia, seu proprietário encontrou um “lagarto”, que depois de matá-lo levou o couro do réptil para ser analisado na cidade de Mossoró, e o responsável do análise constatou que aquela espécie de largato era de origem maranhense. Sabendo disso, Raimundo Marinho nãi soube explicar como aquele réptil teria vin do do Estado do Maranhão e parar em suas terras. Depois disso o povoado foi crescendo, aglomerando ruas e casas e posteriormente recebeu o nome de Salamandra, cuja denominação perdurou até 24 de outubro de 1976, passando a ser chamado de São Francisco do Oeste.

ORIGEM DE SÃO FRANCISCO DO OESTE

São Francisco é nome de santo e por ser São Francisco de Assis o padroeiro da comunidade; Oeste, tendo em vista que a cidade encontra-se localizada na região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte.

SINDICATO – O Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de São Francisco do Oeste foi fundado em 14 de maio de 1995

O Município de São Francisco do Oeste encontra-se localizado na Microrregião de Pau dos Ferros (Mesorregião do Oeste Potiguar)

LIMITES

O Município possui os seguintes limites:

ÁREA TERRITORIAL

76,4 quilômetros quadrados, equivalente a 0,14 por cento sobre o território potiguar e de 0,33 por cento sobre a mesorregião do Oeste Potiguar, ocupa 2,49 por cento sobre a Microrregião de Pau dos Ferros.

POPULAÇÃO:

1965 – 1.300

1970 - 1949

1980 – 2.272

1991 – 3..480

1996 – 3.233

2007

EDUCAÇÃO – Este município dispõe de uma escola estadual e 11 municipais, sendo duas na zona urbana e nove na zona rural. A seguir focalizaremos os nomes das escolas estaduais e municipais:

Rede estadual de ensino

1 – ESCOLA ESTADUAL ‘PROFESSOR MANUEL HERCULANO”

Rua Padre Carlos, s/nº

Ensino fundamental e médio

REDE MUNICIPAL DE ENSINO

ZONA RURAL

1 – ESCOLA MUNICIPAL “SETE DE SETEMBRO’

RUA RAIMUNDO Marinho, s/n° Centro

2 – ESCOLA MUNICIPAL “LUIZ CLEMENTE DA SILVA”

Vila Nova, s/nº

1 – ESCOLA MUNICIPAL “APOL^PNIA CORINA DO RÊGO” – Sítio Aroeira

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ MARIA JOSÉ DE CASTRO ” – Sítio Aroeira

1 – ESCOLA MUNICIPAL “VICENTE SOARES LEITE ” – Sítio São Gonçalo

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ JOSÉ RIBAMAR LUNQUINHO” – Sítio Caiçara

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ MANUEL VIANA DO NASCIMENTO” – Sítio Arapuá

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ MANUEL ROCHA MORAIS” – Sítio Tigre

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ JOSÉ FORTUNATO DE OLIVEIRA ” – Sítio Barro Vermelho

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ ENEAS FILGUEIRA DE SOUSA” – Sítio Logradouro

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ ANTONIO ALMINO DE SOUZA” – Sítio Boa Esperança

1 – ESCOLA MUNICIPAL “ ” – Sítio

OUTRAS INFORMAÇÕES:

CAERN – O Abastecimento d’água de São Francisco do Osete foi inaugurado no dia 12 de dezembro de 1980. O escritório local fica localizado na Rua MANOEL Barreto, 30, Centro, que teve como primeiro chefe o senhor Raimundo Barreto Sobrinho

Densidade demográfica: 36,62 habitantes por quilômetros quadrados

CLIMA: Semi-árido com temperatura mínima de 27 graus centígrados e máxima de 33 graus centígrados

SÍMBOLOS MUNICIPAIS

BANDEIRA
A Bandeira municipal de São Francisco do Oeste foi planejada e desenhada por José Rodrtigues, a qual é composta de quatro símbolos.
ALGODÃO – significa os produtos agrícolas que existeias em grande quantidade na época.
O Brasão – Foi criado para marcar a data da criação da bandeira.
A SALAMANDRA – Lagarto encontrado por Raimundo Marinho, no riacho das cobras, o qual deu origem ao primeiro nome da cidade, há tempos atrás.
O RIACHO – Simbolizando o local onde foi encontrado o largato.
A BADEIRA – foi pintada em três cores: AZUL, BRANCO e VERDE.
O AZUL – significa a cor celestial. O BRANCO – significa a paz. O VERDE – significa a esperança

CAPELA DE SÃO FRANCISCO

A Capela de São Francisco do Oeste foi construída entre 1940 e 1942, tendo como encarregado da obra o senhor Vicente Honorato Barreto, que recebeu do senhor Enéas Filgueira as terras para esse fim. Os pedreiros foram os seguintes: Francisco Antonio e Manoel Dias de Freitas. Antes da construção da capela as missas eram celebradas no sítio Tatú, mas precisamente na residência do senhor Raimundo Nonato Leite, depois passaram as celebrações para o sítio Curralinho.

O dinheiro para construir a capela foi adquirido através de leilões realizados pelos senhores: Raimundo Nonato Leite e Vicente Honorato Barreto, em suas residências.

A primeira missa foi celebrada na Capela de São Francisco, no dia 14 de dezembro de 1942, celebrada pelo padre Carlos Theisen. No dia 4 de outubro de 1942, foi realizada a primeira festa em homenagem ao padroeiro São Francisco, data essa, que todo o ano é comemorado a festa do padroeiro São Francisco de Assis.

A imagem de São Francisco foi doada pelo senhor Ezequiel Fernandes que entregou a imagem ao senhor Vicente Honorato, que se encarregou de trazê-la em procissão de sua residência até a capela.

O Sino foi uma doação do senhor José Rodrigues; e o primeiro casamento foi realizado no ano de 1943, onde se casaram Francisco Barreto e Josefa Leite Barreto . A senhora Júlia Batista ergueu um cruzeiro em frente a parte principal da capela